domingo, 30 de novembro de 2014

CAIS DA TAVARES DE LIRA (RIBEIRA, NATAL). HART PRESTON (LIFE), 1941


sábado, 29 de novembro de 2014

MILITARES BRASILEIROS. FOTO: HART PRESTON (LIFE), 1941


sexta-feira, 28 de novembro de 2014

GRANDE HOTEL (NATAL, RIBEIRA). FOTO: HART PRESTON, 1941


quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Rock, samba, blues e forró na programação musical do Espaço Cultural Ruy Pereira, dentro do Natal em Natal 2014


O Espaço Cultural Ruy Pereira, na Cidade Alta (rua Professor Zuza, lateral do IFRN), vai receber uma vasta programação a partir desta quinta-feira (27), dentro da programação do Natal em Natal 2014, promovido pela Prefeitura do Natal por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult). De quinta (27) a sábado (29) se apresentam grandes nomes da cena potiguar de forma gratuita.
As atrações foram credenciadas e selecionadas por meio do edital lançado pela Secretaria Municipal de Cultura e com avaliação dos músicos Gilberto Cabral, Neemias Lopes e Flávio Freitas.

Descrição: 390a8d760665c69ed446501cb763d41dA ativação cultural do Espaço Ruy Pereira começa amanhã com show do cantor Maguinho da Silva, às 18h. Segue na sexta-feira (28) com um convidado muito especial, a banda de Nova Orleans (EUA) “504 Experience”, que está de passagem pela capital potiguar para participar do 4º MPB Jazz e se apresenta às 18h e segue com a banda “Forró Namanha”.

No sábado é a vez da banda Rosa de Pedra, com o show da turnê “Saga de Maré” às 17h, seguida por “Carcará na Viagem” (19h) e “MC Priguissa” às 21h

NOIVOS SAEM DA IGREJA BOM JESUS E CAMINHAM PELA AVENIDA DUQUE DE CAXIAS (RIBEIRA), EM NATAL. FOTO: HART PRESTON (LIFE), 1941


quarta-feira, 26 de novembro de 2014

A VIDA AMPLIADA PELO AMOR À FILHA QUERIDA

Por Flávio Rezende*

            Quando acordamos nossa mente logo dá início a seu processo de pensar, pensar, pensar. Poucos seres neste querido planeta azul, destinaram minutos e horas dos seus afazeres à importante arte de desacelerar a mente.

            Estudos científicos e de cunho esotérico comprovam que o processo de redução da atividade cerebral harmoniza mais o cérebro e proporciona equilíbrio e serenidade ao existir, sendo a meditação um importante aliado nesta área, tenha ela a excelência de um mosteiro zen ou a repetição mântrica da MT (Meditação Transcendental).

            Essa atividade cerebral matinal pode ter início de diversas maneiras, com alguns começando logo a pensar no trabalho, como vai estar o trânsito, os afazeres a dar conta, enquanto outros podem pensar na performance noturna do seu time preferido ou o novo capítulo daquele caso de corrupção tão cheio de detalhes.

            Apesar de muitas possibilidades, quem tem filhos e os amam devotadamente, direcionam na maioria das vezes estes pensamentos primeiros para eles, sendo este escrevinhador de artigos e livros, membro deste time, posto que apaixonadíssimo pelas crias, passo a tê-los como ampliadores de minha felicidade e multiplicadores das sensações diversas que a vida terrena nos oferta em generosas oportunidades, por quadrantes variados de nossa casa maior, a Terra.

            Concentro agora a inspiração na minha linda, amada e querida Mel, princesa que hoje (dia 21) completa 5 aninhos e que enche esse pai cinquentão de alegrias diversas. Apesar de bem casado e marido apaixonado, compartilho com Deinha o pensamento moderno da morada individual. Ela alberga Mel e eu, Gabriel e Fernando. E assim vivemos, pacifica e harmoniosamente, nos vendo todo dia e compartilhando o mesmo espaço apenas nos fins de semana e, eventualmente, em momentos especiais.

            Nos fins de semana, logo ao acordar, os pensamentos são no sentido de observar a doce Mel dormindo, depois abrindo os olhinhos, deitada no sofá pedindo para ligar a tv em seu sempre presente canal 40 e depois comendo. Cada momento desse despertar me enche de prazer e preenche meu ser com as mais energizantes e positivas energias.

            Em seguida todos os eventos nos remetem ao mundo mágico da amplificação da ocorrência. Explico melhor, se o programa é a praia, além das sensações normais que sinto no contato com a areia, o mergulho no mar, a absorção fantástica dos raios solares e todas as visões relacionadas ao mágico estar em ambiente tão salutar, tudo converge para o processo ampliativo, pois passo a pensar no prazer que tudo aquilo está causando a pequena Mel, internalizando assim o seu possível deleite,  e com isso, entrando no paradisíaco mundo nirvânico do prazer de sentir o gozo da cria e de poder estar ali em atitude cooperativa e amorosa, proporcionando tudo aquilo a uma pessoinha que tem ligação umbilical e cósmica comigo, sendo a mistura de todos os prazeres coletivamente, um dos grandes desfrutes que podemos ter enquanto seres imperfeitos em passagem expiatória por estas paragens materiais.

            A mesma sensação ocorre em outros momentos, passando a filha querida a ser agente de amplificação das boas sensações, portanto uma bateria ambulante de positividade, elevando o prazer de viver e contribuindo naturalmente para um balanço satisfatório de aprovação desta encarnação. Isso termina alçando nossa alma à condição de aspirante a níveis mais elevados de grau evolutivo, motivado pelo amor entre um pai e uma filha e ancorado na percepção de que dois seres que se amam podem ocupar o mesmo espaço e, no lugar de ocasionar desperdício no transbordar do excesso, promove sim é o ajuntamento das emoções vividas, jogando no éter universal o apurado emocional e assim, devolvendo com juros ao Criador o investimento que foi feito tanto no pai, quanto na filha, que caminhando juntos, podem tranquilamente se fundir em amorosa unidade familiar e expandir de dentro para fora a poderosa e necessária energia que tanto precisamos produzir, a energia que chamam de amor.

            Melzinha, te amo muito querida filhinha, parabéns e que possamos estar cada vez mais juntinhos na gostosa caminhada por este planeta azul.

·        É escritor, jornalista e ativista social em Natal/RN (escritorflaviorezende@gmail.com)

ACORDES

Acordes vibram. A víbora se prevalece
da notícia: pica. Os píncaros gloriosos
dos bancos escolares desestimulam.
Se do passado heróis ressurgem
ao futuro caberá a compreensão
do fato desprovido de particularidades.
Discursos narram histórias fantasiosas
                           em desconsiderações.

(Pedro Du Bois, inédito)

Do poder das palavras...


do poder das palavras e sua sugestão

'••• mas ele não ficou imune ao próprio texto. submeteu-se à unanimidade da multidão, que de multi tem tudo, portanto, nada' .
                               •••
.não, não faço silêncio, não amarro. Envolvo, calo com beijos. E me calo na fusao.

Mas tudo é um sussurro e um pedido. Um clamor.

( SimoneSodré )
Foto e texto

Salve o samba! Vamos comemorar o seu dia.


Dia 02 de dezembro é comemorado o Dia Nacional do Samba e os grupos Velha Guarda do Samba e QSA ( Quarta do Samba Autoral) não vão deixar passar em branco essa data tão especial para o nosso ritmo genuinamente brasileiro.

É só chegar no Beco da Lama entre o Bar de Nazaré e o Bar de Danilo, melhor local não poderia ser, que vai rolar uma grande roda de samba participativa com inicio às 11 da matina e sem hora para terminar. Com palestra sobre o tema com Francisco André e Luiz Antonio.

Tudo aberto ao público.

De tanto...


'…De tanto sonhar, a realidade aqui se pôs e chocou. A ficção por pouco foi confundida ou fundida com a realidade. A verdade, sem plural, não são muitas ou não o são. Quase óbvio.'

SimoneSodré
Foto e texto

(início do prefácio do livro EUJURO de Leonardo Sodré)

Festival Gastrônomico Encontro do Mar com o Sertão será realizado na Praça Pedro Velho


De 28 a 30 de novembro acontece em Natal o Projeto Cultural Encontro do Mar com o Sertão. O objetivo do evento é fomentar o turismo de potiguares dentro do RN. O encontro faz parte do calendário oficial do Natal em Natal e será realizado na Praça Pedro velho, conhecida como Praça Cívica, no bairro de Petrópolis.

O Encontro do Mar com o Sertão reunirá, em cerca de 60 estandes, o Descrição: camarão4que existe de melhor nas diversas formas de expressões culturais potiguares, gastronomia com pratos típicos e ingredientes regionais como peixe, crustáceos, cachaça, doces, queijo coalho, manteiga, feijão de corda, e a novidades culinárias criadas pelos chefs para o evento. Todos os expositores estarão com produtos dentro da temática do mar e sertão.

Com o público estimado de 3 mil visitantes por dia, os expositores terão a oportunidade de mostrar e comercializar os atrativos e equipamentos turísticos como: gastronomia, artesanato, manifestações culturais, passeios turísticos, hospedagem, oportunidades de negócios imobiliários, dentre outros produtos dos municípios do interior do RN, para o público de Natal e agentes de viagens de outros estados.

Zeca Baleiro, Paralamas do Sucesso, Monobloco, Tom Zé, Fagner e Zé Ramalho são atrações do Festival de Música de Natal


Durante o mês de dezembro Natal será palco de grandes shows nacionais com alguns dos melhores nomes da cena brasileira. O Festival de Música de Natal faz parte da programação do Natal em Natal, promovido pela Prefeitura do Natal por meio da Secretaria Municipal de Cultural (Secult) e Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte).

A Árvore de Mirassol (Zona Sul) e a área do ginásio Nélio Dias (Zona Norte) irão Descrição: zeca baleiro [1280x768]receber apresentações já a partir do dia 12 de dezembro.
Inicialmente os shows da Zona Sul estavam previstos para a área de eventos da Arena das Dunas, mas diante do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre Ministério Público e OAS por reclamações de moradores de Lagoa Nova diante da poluição ambiental, a Prefeitura do Natal optou por levar os shows para a tradicional praça da Árvore de Mirassol, onde já foram realizados outros eventos culturais.

A primeira atração que agita a Zona Sul, no dia 12 dezembro, é o grupo Monobloco. No dia seguinte, 13/12, a festa fica por conta do cantor Zeca Baleiro. No dia 19 de dezembro, é a vez de uma das atrações mais esperadas, a banda Paralamas do Sucesso que promete lotar a Praça da Árvore de Mirassol. E no dia de Natal, 25 de dezembro, haverá show de Tom Zé lançando seu novo CD.

TURNÊ NORDESTE SAGA DE MARÉ



A banda Rosa de Pedra encerra a sua Turnê Saga de Maré, em Natal dia 28/11 no El Rock apresentando o show do seu segundo cd “De Maré” (2012) - álbum criado numa atmosfera de boas energias em comemoração aos 10 anos de estrada e experimentos sonoros.

O show apresenta composições autorais, onde os elementos da cultura nordestina ganham novas formas em contato com o urbano, as forças da natureza e os questionamentos individuais do homem. É resultado de pesquisas sobre a saga do “homem comum” com focos em momentos de Maré de Gente, Maré Urbana  e Maré de Litoral. Em Maré de gente, o individuo se questiona, repercutindo em seus atos percepções do mundo exterior. Maré Urbana, gira em torno de percepções do universo coletivo, um grito à diversidade dos povos, gêneros, da liberdade de pensamento. E Maré de Litoral, diante da natureza, a contemplação, o renovar das energias e respeito pela sua força.  E também, traz a releitura de “Pedras que cantam” (Dominguinhos e Fausto Nilo), arranjo feito pela banda para o programa Som Brasil Dominguinhos (Rede Globo).

A Turnê Nordeste Saga de Maré passou por João Pessoa, Recife, Maceió e encerra em Natal. Tem o patrocínio da empresa de publicidade e propaganda Mariz Comunicações e da Prefeitura do Natal, através do Programa Djalma Maranhão. Neste mês de setembro a banda também irá realizar uma apresentação no Rio de Janeiro, dia 24 de setembro no projeto "Odisséia para Todos", do Teatro Odisséia.

Expedição Fotográfica Agreste Colonial


O projeto Engenho na Estrada é uma expedição com aulas de fotografia para fotógrafos iniciantes e avançados, onde os participantes têm exercícios específicos para fotografar com a orientação do professor Alex Gurgel.

PROGRAMAÇÃO:

- Café-da-manhã sertanejo na centenária Fazenda Bom Jardim.
- Fotografar detalhes, contrastes, macro, HDR, texturas, panning,
- Enquadramento, Regra dos Terços, Texturas, Molduras.
- A luz de Vila Flor e a Casa de Câmara e Cadeia.
- O almoço será em Barra do Cunhaú com peixe fresco e frutos do mar, no Restaurante da Maria, um dos melhores do Litoral Sul do RN (não incluso no pacote)
-Fotografar cenas na beira do Rio Curimataú: pescadores, barcos, catamarãs e seu imenso coqueiral.
- Exercícios de fotografia com os casarios coloniais de Canguaretama.
- Pôr-do-sol em Baía Formosa, onde haverá exercícios de lightpaiting (fotos com exposições em baixa velocidade), puxada de zoom e silhuetas de pessoas em criativos retratos.

Expedição com aulas de fotografia 100% práticas
Dia | 07 de DEZEMBRO
Saída | 06h30
Investimento: R$ 170,00 – em 2 x no Cartão ou R$ 150,00 a vista
Incluso | Café da manhã, transporte e aulas de fotografia
Local de saída| Engenho de Fotos, Cidade Alta (Por trás da Igreja do Galo)
Informações | 3211-5436 / 8896-5436
E-mail | alexgurgel@supercabo.com.br

ATENÇÃO: É recomendável levar um tripé para fotos em baixa velocidade.

Gustavo Mendes em Natal


O humor contagiante do Gustavo Mendes vai invadir o Teatro Riachuelo neste domingo (30), às 20h. Após o sucesso do show “Mais que Dilmais”, o ator apresenta seu novo espetáculo: “Um Show Com Tudo Dentro”. Ele reúne no palco personagens que o consagraram, como a presidenta Dilma, além de textos afiadíssimos, piadas e músicas memoráveis.

Dia do Samba é comemorado pelo Tom Maior


Uma programação especial do Tom Maior Botequim antecipa a comemoração do Dia Nacional do Samba, celebrado no dia 2 de dezembro. A partir de amanhã, dia 27 de novembro, o bar recebe a banda Roda de Bambas recebe o sambista Zé Luiz, da escola Império Serrano (RJ). A celebração continua no sábado (29), com Roda de Bambas. Sobem ao palco Chiquinho Vírgula (RJ) e o português Nuno Bastos, a partir das 18h.

AVIÕES ESTACIONADOS NA BASE DE PARNAMIRIM. FOTO: HART PRESTON (LIFE), 1941


sábado, 22 de novembro de 2014

PÁTIO DA AIR FRANCE. FOTO: HART PRESTON, 1941


Eu, aos pedaços...

Francisco Edilson Leite Pinto Junior
Professor, médico e escritor.

Era um dia de sol. E Xerxes, rei persa (485-465 a.C), querendo mostrar o seu poderio, ordenou que juntasse todo o seu exército, e quando viu o Helesponto tomado pelos soldados e navios - (reza a lenda que eram tantos, mas tantos soldados, que se o último quisesse ir para a primeira fileira, ele levaria cinco dias caminhando ininterruptamente) -, o rei chorou. Chorou e soluçou! Preocupados com esta atitude, os seus ajudantes mais próximos quiseram saber o motivo de tantas lágrimas, e Xerxes respondeu: “é que me veio à mente agora, lamentar sobre a brevidade de toda vida humana, pois dentre toda essa multidão de homens que aqui estão, dentro de cem anos, nem um único sobreviverá”...

A vida é uma escola, com uma característica interessante: a prova vem sempre antes do aprendizado. E nesta escola, sem dúvida nenhuma, a maior professora é mesmo a Morte. Alguns tentam minimizar os efeitos do seu aprendizado, como no caso dos poetas Fernando Pessoa e Mário Quintana. O primeiro quando lamenta que tem dó das estrelas por luzirem há tanto tempo; e se pergunta se não haveria um cansaço das coisas, um cansaço de existir... O segundo quando afirma que tem medo não do sono eterno, mas sim da insônia eterna. Mas é o mesmo Mario Quintana que depois se contradiz ao dizer: “Morrer; que me importar? O danado é deixar de viver!”. E não adianta querer fazer uma escada em forma de caracol para que ela chegue ao nosso quarto, tonta e cansada, sem forças para nos levar, pois a Morte vem e vem mesmo. E quer queiram quer não, ela chegará para todos.

Eu também sou um professor, que transmite ensinamentos muito aquém dos transmitidos pela professora Morte. Mas ao admitir que sou professor, automaticamente eu estou também dizendo que sou duas outras profissões: médico e escritor. Todo professor é médico, pois tenta curar a pior de todas as doenças, a ignorância da alma. Todo professor é escritor, pois ele nada mais faz do que colocar os seus sonhos nos livros de vida de cada um dos seus alunos, e estes ao saírem pelo mundo carregando esses sonhos, nada mais fazem do que ratificar a frase: “O professor se liga a eternidade; Ele nunca sabe onde cessa a sua influência”.

Mas se todo professor é também médico e escritor, ele também é livro... Sim! Os alunos também escrevem as suas estórias no livro de vida dos seus professores. Agora fica mais fácil entender o que Neruda afirmou no seu “Confesso que vivi”: “Talvez não vivi em mim mesmo, talvez vivi a vida dos outros. Do que deixei escrito nestas páginas se desprenderão sempre – como nos arvoredos de outono e como no tempo das vinhas -  as folhas amarelas que vão morrer e as uvas que reviverão no vinho sagrado”... Recentemente, páginas amarelas - ou melhor, páginas cinzentas, tristes, e dolorosas-, foram escritas neste meu livro de vida. E foram escritas por um aluno meu...

Joinville. Sábado à tarde. Estava no congresso de Educação Médica (COBEM). O celular vibrou no meu bolso. Não atendi de pronto. Estava no meio de uma palestra interessante e resolvi enviar uma mensagem dizendo: “ligarei em seguida”. Novo toque e uma mensagem: “Professor! Precisamos falar com urgência!”. O coração betabloqueado acelerou o seu compasso. Pressenti que algo terrível acontecera. E aconteceu! A noticia veio do outro lado do celular, pelo choro de outro aluno meu, Dênis: “Ele morreu, professor. Nosso amigo morreu. E Igor foi junto também!”. Estava recebendo uma das mais terríveis notícias: a morte do meu aluno Ivan Brasil e do seu filho de 12 anos, Igor Marinho (uma criança que todo pai deste mundo gostaria de tê-lo como filho).

Um acidente terrível na estrada que liga Mossoró a praia de Tibau (RN). Mais uma vez Tibau... Como se não bastasse há 48 anos, ter sido palco da morte do meu pai, agora, a mesma Tibau, reescreve o seu nome em páginas tristes do meu livro de vida... Fiquei desnorteado. Não sabia se chorava, se voltava para sala, se acreditava naquilo que tinha ouvido há pouco. Confesso que não sabia o que fazer. Interessante! Logo eu, que a cada plantão na Liga Contra o Câncer, me encontro com a professora Morte, não tinha ainda aprendido a lição... e acho que nunca aprenderei.

Fui beber uma água. Sentei e respirei fundo. Via em volta pessoas rindo, conversando, enquanto dentro de mim, nas páginas cinzentas do meu livro, estava sendo escrito um capítulo bastante doloroso. Tentei mudar o tom preto das letras. Lembrei-me da viagem que tínhamos feitos com as nossas esposas, na travessia dos lagos Andinos. Ivan, sempre aventureiro, ria da minha covardia de ter subido todo o Cerro Catedral, em Bariloche, com os olhos fechados... Ivan, que toda vez que eu ia a Mossoró, fazia questão de me receber com jantar e o melhor dos vinhos (foi com ele que aprendi os prazeres do deus Baco); Ivan, que era capaz de cometer uma indelicadeza com você, mas no outro dia ligava pedindo desculpas, envergonhado com a sua atitude; Ivan, que no nosso penúltimo contato, me fez lembrar uma passagem da Bíblia (Lucas 17, 11-19), quando dos dez leprosos curados por Cristo, apenas um voltou para agradecer...

Voltei para o hotel. De repente, a cidade catarinense se viu escurecendo e um temporal começou. Cheguei todo molhado ao quarto. Molhado, por fora e mais ainda por dentro. Chorava, afinal, chovia lá fora, e fazia tanto frio. E embora uns dizendo que nem sempre se ver lágrimas no escuro. Eu chorava, no escuro do quarto. Tava tudo tão cinza. Tão vazio. E a noite ficava me martelando a cabeça: “Por quê? Qual a lição? Qual a lição?”. É! A professora Morte mais uma vez nos ensinava: somos um fósforo acesso de frente para um mar revolto, que sopra a toda hora querendo nos apagar... Não consegui dormir.

Domingo, voltei ao COBEM. Mas nada era capaz de tirar as páginas cinzentas da minha memória. Estava sozinho, desnorteado, precisando tanto da minha Viviane e do meu Lucas, que resolvi apelar para os amigos sempre tão fieis: os livros. Fui a um shopping perto do hotel. Entrei em uma livraria, peguei alguns exemplares e resolvi sentar, para folhea-los. De repente, escuto vozes. Eram de crianças, que estavam em volta de um violão. Aí eu percebi que nem sempre se vê, “Mágicas no absurdo, Mágicas no absurdo”...

Tristeza e alegria; vida e morte. É assim que caminha a humanidade. E o espetáculo tem que continuar...  Mesmo sabendo que naquela mesa, não haverá mais histórias contentes do que se fez de manhã; mesmo sabendo que naquela mesa do canto, haverá sempre uma taça a menos, com metade apenas do vinho EPU, como Ivan gostava de ensinar...

Ah! A saudade dele vai doer bastante... Eu estou em pedaços.

DIA



Enxugo o dia das tormentas. Acorrento a luz
em ocidentes. Não permito orientes no renascer.
    
          O dia áspero entre dedos
          em torpedos arremessados.
          Descompassados. Pássaros
                   em voos desnorteados
                           rebatem espaços.

O dia árido em lembranças lança
oásis desproporcionados das ilusões
avantajadas em quimeras. Quem me dera
no dia anterior                a chuva desfrutar
   na luz incolor de nuvens carregadas.

     O dia esperado se esvai
     em contratempos
     de atrasos e esperas.

(Pedro Du Bois, inédito)

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Calígula apresenta jazz, choro e reggae no Feriadão da Padroeira



Camila Masiso e Diogo Guanabara, Bruna Hetzel e Sydney Cavalcante fazem pocket show na tradicional casa de massas da praia da Pipa, nos dias  21, 22 e 23 de novembro

Praia, mar, sol, gastronomia e badalação. A praia da Pipa tem a receita para o feriadão que começa sexta-feira, 21, dia de Nossa Senhora da Apresentação, padroeira da capital potiguar. É hora de aproveitar e curtir o que há de melhor na Calígula Pizzaria com sua programação musical de qualidade, além do cardápio que já é bastante conhecido, por ser uma das melhores pedidas da pequena vila que se transformou em um dos destinos mais conhecidos do Brasil.

A cantora Camila Masiso abre a programação dia 21, a partir das 20h.  Considerada umas das mais belas vozes do RN, ela faz um passeio pela bossa nova, jazz e repertório próprio, como as canções do seu disco Patuá. A cantora faz show na companhia do músico instrumentista Diogo Guanabara, com quem compartilha palcos além das fronteiras do Rio Grande do Norte. Juntos, já encantaram plateias no Rio de Janeiro, Paris (França), entre outros lugares. A moça já mostrou seu valor em muitos festivais, como o Fest Bossa & Jazz (na própria Pipa) e DOSOL (realizado recentemente em Natal) e já faturou algumas estatuetas do Prêmio Hangar.

No sábado, 22, a cantora Bruna Hetzel aporta na pizzaria fazendo o que sabe de melhor: cantar e encantar com sua voz suave e repertório impecável de jazz e bossa nova, reproduzindo canções que ficaram célebres na voz de Ella Fitzgerald, Billie Holliday, Elis Regina, Rosa Passos, Silvia Telles, Mônica Salmaso, entre outras divas.  Sua carreira teve início há quatro anos, quando a intérprete passou a atuar em múltiplos espaços da cena potiguar. Nesse período, já conquistou alguns títulos como artista revelação e, mais recentemente, sagrou-se como solista da orquestra de jazz SESI Big Band, do Serviço Social da Indústria do Rio Grande do Norte (SESI-RN).

Bololô Cia Cênica estreia espetáculo MARGEM RIBEIRA em dezembro



Grupo foi selecionada no Edital Natal em Cena 2014, e fará nove apresentações gratuitas em três bairros da cidade durante o Natal em Natal 2014

A Bololô Cia Cênica estreia o espetáculo "Margem Ribeira" no dia 04 de dezembro, às 20h, na Praça da Matriz no bairro Cidade da Esperança, e permanecerá em temporada até dia 27/12, integrando a programação do Natal em Natal. A montagem está sendo realizada através do Edital Natal em Cena 2014, da Fundação Cultural Capitania das Artes (FUNCARTE) - Prefeitura Municipal de Natal.

No total serão 09 apresentações durante três semanas nas zonas Oeste, Norte e Sul da cidade. Nos dias 04, 05 e 06, o espetáculo será apresentado na Praça da Matriz em Cidade da Esperança; dias 18, 19 e 20, no pátio do Ginásio Nélio Dias; e nos dias 25, 26 e 27 de dezembro, na Árvore de Mirassol, encerrando a primeira temporada do "Margem Ribeira".

SOBRE O MARGEM RIBEIRA

A partir de alguns contos selecionados da obra de Marcelino Freire (PE) e do cotidiano do bairro da Ribeira e seus transeuntes, ambos à margem de sua Natal, a Bololô Cia. Cênica concebeu o projeto “Margem Ribeira”, convidando o diretor pernambucano Marcondes Lima (PE), a preparadora de elenco e assistente de direção Ceronha Pontes (PE), e o dramaturgo cearense Rafael Barbosa a compor a equipe de criação.

A filosofia na educação humana


Como valores transformam o mundo

            No próximo sábado, 22/11, a Nova Acrópole, Organização internacional presente em mais de 50 países, promoverá em Natal a nona edição do Dia Mundial da Filosofia. O evento ocorre todos os anos e foi instituído pela UNESCO, em 2002, fazendo uma referência à morte de Sócrates. Este ano, o tema será: “A Filosofia na Educação Humana: como valores transformam o mundo”.

            O evento terá entrada franca, na sede da Nova Acrópole Natal. Tem por objetivo mostrar o sentido filosófico da educação, apresentando o ideal de educação e a formação integral do ser humano. Por meio de uma abordagem didática e voltada para o público leigo e estudantes dos vários níveis, o evento se aproxima do espectador através de palestras, exibições de vídeos e mostras.

            Nova Acrópole é uma organização internacional de caráter filosófico, cultural e social sem fins lucrativos pautada no voluntariado. Foi fundada em 1957, em Buenos Aires/Argentina, pelo professor Jorge Angel Livraga Rizzi (1930-1991), historiador e filósofo. Está presente atualmente em mais de 50 países, nos cinco continentes, reunindo milhares de membros e apoiadores.

Guilherme Barreto viaja para buscar bicampeonato em Pernambuco


Chegou a hora da decisão. O kartista potiguar Guilherme Barreto (Café Santa Clara) terá pela frente o maior desafio da sua temporada. Atual campeão pernambucano de kart, o jovem piloto vai tentar o bicampeonato neste final de semana (22 e 23), no kartódromo Tamboril, em Paulista (PE). Serão duas etapas disputadas, com pontuação diferenciada.

Para enfrentar mais esse desafio, Barreto garante estar com o foco total na pista. “Estou muito bem preparado. Fiz treinos fortes e acredito que vou conseguir um grande desempenho nas provas. Vou precisar fazer o meu máximo para buscas esse bicampeonato da competição”, garante.

Considerada uma das principais competições da região, o Pernambucano de Kart reúne pilotos de vários estados. Para Guilherme, é a opção mais próxima para manter o ritmo de competições. “Eu não tenho mais kartódromo em Natal. Então, treino e faço minha preparação toda por aqui. Tenho que viajar até para fazer um treino, mas isso não tira meu foco e determinação para buscar os resultados”, comenta Guilherme.

Espetáculo QUINTAL DE LUÍS revive memórias e obra de Câmara Cascudo



Nova montagem do Grupo Estação de Teatro é uma fábula lúdica em homenagem ao mestre Luís. Temporada de estreia será em dezembro durante o Natal em Natal

O Grupo Estação de Teatro estreia temporada do espetáculo "Quintal de Luís" nos dias 4, 5 e 6 de dezembro, sempre às 19h, no pátio do Ginásio Nélio Dias, no bairro de Lagoa Azul, zona Norte de Natal. Ao todo serão nove apresentações, distribuídas entre as zonas Norte, Sul e Oeste da capital potiguar, até o dia 27/12, que integram a programação do Natal em Natal.

Nos dias 11, 12 e 13 de dezembro o espetáculo será encenado na Praça da Árvore, em Mirassol (zona Sul), e encerra a temporada nos dias 25, 26 e 27 de dezembro com apresentações na Praça da Igreja Matriz no bairro Cidade da Esperança (zona Oeste). A montagem é inédita e foi viabilizada com recursos do Edital Natal em Cena 2014, incentivo promovido pela Prefeitura de Natal e Secretaria Municipal de Cultura (Secult)/Fundação Cultural Capitania das Artes (FUNCARTE). Também conta com apoio cultural do Estúdio P de fotografia.

A partir de um processo coletivo de inspiração, provocação e criação mútua entre o Grupo Estação de Teatro e o dramaturgo César Ferrario (integrante do Clowns de Shakespeare), responsável pelo roteiro e texto do espetáculo, surgiu "Quintal de Luís", primeiro espetáculo do Estação de Teatro pensado exclusivamente para a rua.

TRABALHADORES BRASILEIROS NA CONSTRUÇÃO DA BASE AÉREA DE PARNAMIRIM. FOTO: HART PRESTON (LIFE) EM 1941


quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Tom Maior realiza Semana do Samba para celebrar o ritmo



O Tom Maior Botequim preparou uma programação especial para comemorar o Dia Nacional do Samba, celebrado no dia 2 de dezembro. A partir da semana que vem, o bar recebe uma série de convidados para comemorar a data em grande estilo. No dia 27 de novembro, quinta-feira, a banda Roda de Bambas recebe o sambista Zé Luiz, da escola Império Serrano (RJ). Já no sábado (29), Roda de Bambas recebe no palco do Tom Maior Chiquinho Vírgula (RJ) e o português Nuno Bastos, a partir das 18h.

Parcerias Sinfônicas Sesc concorre ao Prêmio Hangar de Música


Iniciativa foi indicada na categoria Projeto Musical do Ano

O Projeto Parcerias Sinfônicas Sesc, uma iniciativa do Sistema Fecomércio RN, por meio do Sesc RN,  está concorrendo ao Prêmio Hangar de Música, na categoria Projeto Musical do Ano. A indicação destaca o conjunto de ações formativas que são desenvolvidas pelo projeto ao longo do ano. A premiação ocorrerá amanhã (19/11), no Teatro Riachuelo.

O Prêmio Hangar de Música é o mais antigo e importante prêmio musical do RN, que vem marcando o cenário desde 1999. Em 2014, em sua 12ª edição contemplará 15 categorias competitivas. Dois espetáculos produzidos pelo Parcerias Sinfônicas Sesc já ganharam o Prêmio Hangar de melhor show do ano. Os shows Clássicos da MPB (2011) e Clássicos do Baião: Tributo a Gonzagão (2012), respectivamente, levaram as estatuetas.

Do espetáculo Clássicos da MPB participaram a cantora Camila Masiso e o músico Diogo Guanabara. Já o Clássicos do Baião: Tributo a Gonzagão, participaram os intérpretes Caio Padilha, Camila Masiso, Khrystal, Valéria Oliveira, Wigder Vale e Zé Hilton. Os dois shows foram apresentados em diferentes cidades do RN. A homenagem ao mestre do baião, além de circular pelo RN, foi apresentada no estado de São Paulo.

Pérolas da Mel: Flávio Rezende lança livro infantil junto com a família no próximo domingo



O escritor Flávio Rezende lança seu 25º livro, “Pérolas da Mel” no próximo domingo, dia 23, a partir das 16h na livraria Saraiva do Natal Shopping. O livro tem ainda como autores a sua esposa Andrea Browne, os filhos Gabriel e Mel, além de contar com ilustrações de Brum e Helena Rugai.

Com estórias infantis tendo como personagem a pequena Mel - que completa 5 anos e comemora com o lançamento do livro, “Pérolas da Mel” contém também passagens interessantes da vida da Mel e o lançamento será marcado por contação de estórias de Daluzinha e outros artistas, além de docinhos e o tradicional bolo de parabéns.

O aniversário de cinco anos de Mel Browne Kalki de Rezende vai ser comemorado de maneira inusitada. Os pais Flávio Rezende e Andrea Browne, com contribuição do irmão Gabriel Kalki, organizaram e vão lançar o livro, "Pérolas da Mel", no próximo dia 23 na livraria Saraiva do Natal Shopping, a partir das 16h, com direito aos festejos do aniversário e contação de histórias infantis.

ACAMPAMENTO DE MILITARES BRASILEIROS EM 1941 (HART PRESTON, LIFE)


terça-feira, 18 de novembro de 2014

RN participa de workshop na Alemanha




O workshop organizado por uma das maiores operadoras do mundo foi um sucesso. A Thomas Cook (Condor) reuniu mais de 2000 agencias de viagens convidadas e agências TOPs que receberam convite especial, com passagens aéreas e hospedagem pagas pela organização para incorporar ainda mais prestígio ao evento. E o Rio Grande do Norte esteve lá, representado pela secretária estadual de Turismo, Gina Robinson.

No balcão do Brasil, o estado do RN recebeu grande procura. O gerente de Produto Senior da Thomas Cook, Roland Junker, externou sua satisfação pelo Estado potiguar ter comparecido, haja vista a ausência de Pernambuco e Ceará. Gina Robinson, junto à representação da EMBRATUR, atenderam, tiraram dúvidas e constataram o interesse dos alemães pelo RN, não somente pelo sol e mar, mas mostraram curiosidade em outras áreas, como esportes, história, cultura, etc. Na ocasião os agentes receberam material promocional do Estado. E para aqueles que participavam de uma pesquisa, eram entregues kits do RN sustentável.

Os alemães costumam ficar 15 dias no destino. E esse turista sempre foi foco da secretária, mesmo enquanto gerente de Promoções Internacionais da Empresa de Promoções Turísticas do RN (Emprotur). “Sempre acreditei e ainda aposto nesse potencial do turista alemão, sempre muito simpático ao Rio Grande do Norte. Dessa maneira, achei importantíssima a presença do RN essa semana na Alemanha”, opina Gina Robinson.

ESCRITÓRIO DE ALGUMA BASE AMERICANA EM PE OU RN. FOTO: HART PRESTON (LIFE), EM 1941


Revista AméricaEconomia Brasil aponta Natal como a melhor cidade do Nordeste para viver e 13ª no Brasil


Área-portuária-de-Natal
Foto-Canindé-Soares

Natal foi eleita a melhor cidade para se viver no Nordeste e a 13ª do país, segundo uma pesquisa encomendada pela revista AméricaEconomia Brasil ao Delta Economics & Finance. A iniciativa acabou originando o primeiro “Índice das Melhores e Maiores Cidades Brasileiras”, o BCI100.

Para definir o índice, a pesquisa analisou, nas 100 grandes cidades do país, um conjunto de 77 atributos distribuídos em dez categorias distintas: geral, governança, bem-estar, econômico, financeiro, domicílio, saúde, educação, segurança e digital.

A cidade de Santos, no litoral paulista, é a líder do ranking, apresentando o terceiro melhor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) e a sexta maior renda per capita. Santos se destacou no quesito “Educação”, e ficou em segundo lugar em “Saúde”.

sábado, 15 de novembro de 2014

PALHAÇO


O riso indiferente do palhaço
faz graça no despenhadeiro circular
da arena. A inconsequência da brincadeira
na falsa impressão de dor e medo.
Confunde a platéia em trejeitos e barulhos
esquecidos no sentido da seriedade. Na ilusão
catatônica das crianças se apresenta
o adulto histriônico. A criança
cresce no momento de se fazer palhaço
pela vida inteira. Arruma o nariz sobre a face
e desconsidera a boca rasgada ao verbo.
A luz acesa permite o reconhecimento.

(Pedro Du Bois, inédito)

MURO





quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Augusto Leal lança o livro ‘Rosinha dos Limões’ dia 25


O escritor, que irá reverter o lucro da venda dos livros para o Hospital Infantil Varela Santiago
         
O engenheiro, cronista e escritor Augusto Coelho Leal (Guga) lança pela ‘8 Editora’ o livro ‘Rosinha dos Limões’ no próximo dia 25, às 18h30 na Academia Norteriograndense de Letras. Trata-se de uma coletânea de crônicas publicadas no ‘O Jornal de Hoje’ e em outros veículos ao longo dos últimos anos.

         
“Já escrevi cerca de 400 crônicas e neste livro estou publicando cerca de 100 delas. O livro é dedicado a minha esposa Alzira, companheira e cúmplice de toda a vida. Daí o título que o leitor vai entender durante a leitura”, disse Guga. “Sou uma pessoa simples e de bem com a vida; um observador do cotidiano que procuro retratar quando escrevo”, completou o escritor, que irá reverter o lucro da venda dos livros para o Hospital Infantil Varela Santiago.

            Guga escreve textos divertidos e memorialistas. O livro contem fragmentos de um tempo de Natal onde a tranquilidade era a marca maior da cidade. “Histórias de um tempo onde à amizade era levada tão a sério que não existiam rancores, mesmo quando a turma resolvia as questões mais polêmicas na base da tapa”, sorriu o autor.

Reflexões

           
O livro também contém reflexões sérias, principalmente com relação a questões políticas, tão polêmicas nos dias de hoje, além de muitos ‘causos’ engraçados, de histórias boemias que provocam boas risadas, de ‘presepadas’ que o autor e seus amigos aprontaram ao longo das décadas da juventude e no tempo em que estudava na Faculdade de Engenharia, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. (LS).

Serviço
Rosinha dos Limões
Augusto Coelho Leal
Dia 25 de novembro de 2014, às 18h30
Academia Norteriograndense de Letra
8 Editora

Fotos: Mário Farias
Convite: 8 Editora